TELEMEDICINA Conheça e evolua, veja a resolução

Como é possível saber se sua organização está bem organizada?

Conselho Federal de Medicina autoriza telemedicina no país

Regras foram estabelecidas e o atendimento deve ser gravado

Médicos brasileiros vão poder realizar consultas online, telecirurgias e telediagnóstico, entre outras formas de atendimento à distância, conforme a Resolução nº 2.227/18, do Conselho Federal de Medicina (CFM). O texto estabelece a telemedicina como exercício da medicina mediado por tecnologias para fins de assistência, educação, pesquisa, prevenção de doenças e lesões e promoção de saúde, podendo ser realizada em tempo real ou off-line.
Leia mais

Certificação e Certificado Digital

A preocupação com a falsificação de documentos vem desde a Idade Média, onde através do início dos estudos sobre a Diplomática e a Paleografia, ou seja, a verificação de que o documento apresentado era verdadeiro e autêntico, de acordo com regras definidas e fiscalizadas pelas chancelas medievais.

 

Com o passar dos tempos, o papel das chancelas foi passado para os arquivos e órgãos do poder judiciário como tribunais e cartórios, entretanto com a vinda da internet e os documentos digitais, a verificação da veracidade e da autenticidade dos documentos tornou o processo muito burocrático e trabalhoso.

Leia mais

Assinatura Digital

Ao longo da história da humanidade, após a invenção da escrita, a utilização de assinaturas em documentos, se tornou uma necessidade essencial de órgãos públicos, empresas e qualquer outra atividade, onde duas ou mais pessoas (físicas e/ou jurídicas) ao se relacionarem, precisariam para uma aprovação legal, logo a dificuldade em provar se a informação é verdadeira e autêntica, mostra como a assinatura dos documentos é um fator fundamental para confirmar a confiança das informações.

Leia mais

A Digitalização chegou aos Cartórios, e agora?

Vários órgãos públicos já aderiram a digitalização de seus processos, por inúmeros motivos. Mesmo assim, eles continuam exercendo o papel de prestar o serviço ao público, ou seja, mesmo com essa “Revolução Digital”, os tabeliães e Gestores dos Cartórios não precisam se preocupar, afinal a digitalização veio para melhorar o seu trabalho.
Leia mais