SP 0800­.608­.9010 | DF (61)­ 3574-9000
TEL: 0800­.608­.9010

Tipos de Workflow

 

 

O workflow ou fluxo de trabalho é uma ação necessária para o controle das ações e informações processuais dentro de uma empresa, permitindo que estas possam ser transmitidas de uma pessoa para outra, de acordo com um conjunto de regras de procedimentos, identificando as várias atividades do processo, procedimentos e controle de dados associados para gerenciar o workflow.

 

Os sistemas informáticos que gerenciam o Workflow são conhecidos como WfMS (Workflow Management Systems), e garantem que os passos que automatizam os processos ocorram na sequência correta.

 

Dessa forma, é possível distinguir diversas formas de workflows para o gerenciamento processual em tais sistemas dentro de uma empresa, como Workflow ad hoc, que executa processos de negócios, tais como documentação ou venda de produtos, pois não há padrão pré-determinado de movimentação de informação entre pessoas, afinal envolvem a coordenação humana.

 

A ordenação e a coordenação de tarefas em um workflow do tipo ad hoc não são automatizadas, entretanto são controladas por humanos, sempre visando à intenção de apoiar pequenas atividades que requerem uma solução rápida.

 

Já o workflow administrativo envolve processos repetitivos com regras de coordenação de tarefas simples, tal como roteamento de um relatório de despesa ou requisição de viagem, controladas por um processo de autorização, ou seja, a ordenação e coordenação de tarefas em workflows administrativos podem ser automatizadas.

 

Existe também o workflow de produção, este que envolve processos de negócios repetitivos e previsíveis, como empréstimos e seguros, visto que englobam um processamento de informações complexas envolvendo acesso a múltiplos sistemas de informação. A ordenação e coordenação de tarefas neste tipo de workflow podem ser automatizadas.

 

Esta automatização é complexa, pois trabalha com processos de informações complexas, acesso a sistemas de informação múltiplos para execução do trabalho e para a recuperação de dados para a tomada de decisão.

 

O Workflow pode ainda ser caracterizado dentro de dois aspectos, orientado a pessoas onde envolve humanos na execução, controlando e coordenando tarefas humanas, e o workflow orientado a sistemas, onde envolvem sistemas de computadores que executam operações computacionais intensas e softwares especializados em tarefas, que controlam e coordenam com pequenas intervenções humanas.

 

E por fim, existe o Workflow transacional, este que envolve a execução e a coordenação de múltiplas tarefas que podem envolver humanos e suportar o uso seletivo de propriedades transacionais (atomicidade, consistência, isolação e durabilidade), para tarefas individuais e entradas de workflow, este que é utilizado na plataforma do EV-DOC, pois o mesmo executa e coordena várias tarefas, mas necessita do envolvimento humano na tomada de decisões, ou seja, ele faz toda a ação para a autorização, ou não, do ser humano.

 

 

 
 
www.estadovirtual.com.br